24.7.11

não sabes...


ainda nem passaram 24h sobre a tua ausência definitiva e já me encontro sem forças. sinto-me a vaguear por aí, sem destino, sem rumo, sem objectivo. o nosso afastamento deixa-me assim, perdida, e então descobri, que afinal eras tu que me guiavas neste mundo. o ecrã do meu telemóvel detêm a maior parte dos meus olhares diários mas de nada vale já que nem uma palavra tu és capaz de redigir, ou se és, perdes a coragem e não envias. seja como for, eu (ainda) acredito que um dia te arrependas e sejas Homem o suficiente para saberes voltar atrás e emendar tudo o que está pendente entre nós, e sendo assim, digo-te: até um dia*

...a vontade que tenho de te ligar ou simplesmente de te
mandar uma mensagem, preciso de ti! infelizmente, ainda te amo..

9 comentários:

  1. as coisas resolvem-se quando menos esperamos * força!

    ResponderEliminar
  2. De nada minha querida, gosto quando sou útil e consigo fazer algo de importante para as pessoas.
    Queres me dizer o nome da tua música do blog? *-* (parece o tyler a cantar)

    ResponderEliminar
  3. está muito bonito (:
    pois foi, lá isso é verdade...

    ResponderEliminar
  4. é preciso que ele saiba aceitar que errou e que saiba lutar *

    ResponderEliminar