24.10.11

Despite all,...

Tumblr_ltl27aiivc1qf1jubo1_500_large
Penso como seria bom, e o que de nós ficou.. Contrariamente ao que pensas ficou muito, apesar de te ter dado a entender que não. A mágoa disparou por entre as minhas palavras e cuspi a dor, atingindo-te. Foi tiro certeiro? Não era de todo minha intenção magoar-te com palavras, obviamente ninguém quer magoar quem ama, mas se calhar nem me arrependo, porque agora sei que sentiste na pele a dor de perder alguém que amamos muito. Estamos iguais, ou semi. Porém, nas entranhas do meu ser, nas cavidades de todo o meu coração, estás tu. Reforço: Tu. Continuas a ser tu e não sei por mais quanto tempo o serás, mas não me vou adiantar mais do que o relógio, só me consumia mais um pouco por dentro se o fizesse. O futuro é meu inimigo. Mas com esse, entendo-me depois. Adiante amor, se te conforta, eu digo-te que o pior já passou, o mal vai-se desvanecendo no tempo e as recordações ficam. Vou tentar não, não escrever muito mais sobre ti.. Porque apesar de gostar e de, certa forma, me sentir mais dentro de mim própria, só estaria a alimentar algo que talvez já nem a esperança acredita que exista ou vá existir. Por isso, fico-me por aqui mas se quiseres saber de mim, procura pelos meus recados à noite, nas estrelas. Quem sabe se um dia não estaremos nós, juntos, a contemplá-las.
...I wish you were here.

12 comentários: