20.11.11

o nosso ritual..

3016997713_1_3_0vwhefyi_large
Meu pequenino grande amor, será que continuas a olhar para o céu todas as noites como antes o fazias antes de te deitares sobre a cama? Oh, olha que eu continuo. Consigo ver o teu brilho através da estrela mais cintilante e é essa mesma que me leva a perder em sonhos. Aliás, a perder-me em ti. E confesso-te que é uma sensação indescritível. Atravesso toda a atmosfera que nos separa e pouso em ti, em cada canto e recanto do teu ser. Por entre essa alma tão límpida e esse corpo tão suave, revejo-me e sinto-me em casa, afinal é a ti que o meu coração pertence. Nem que seja por breves instantes, em pensamento eu estou aí. E a lua? É linda não é meu bem? Mas olha que não a tenho visto por aqui.. Quem sabe ela fez uso aos meus pedidos e foi entregar-te o meu recado. Se já o sabes, pshiuu. Fica entre nós e a lua é nossa cúmplice. Espero por ti logo à noite, no céu. Beijos brilhantes, minha estrela. 

30 comentários:

  1. muitíssimo obrigada querida, esse apoio é mesmo muito importante para mim :)

    ResponderEliminar
  2. Este texto tem TANTO a ver comigo, não imaginas! Adoro <3

    ResponderEliminar
  3. Sim :)
    Tens aqui uma pequena Sinopse da história:

    Um enorme edifício no alto de uma falésia, o barulho das vagas, um labirinto de corredores vazios onde o ruído dos passos ecoa... A propriedade de Ashdown abrigou nos anos oitenta uma residência de estudantes: aí encontramos Sarah, que sofre de narcolepsia e não consegue distinguir os sonhos da realidade; o seu namorado, Gregory, que só atinge o orgasmo ao pressionar com os dedos os olhos de Sarah; Terry, um pretensioso crítico de cinema que dorme pelo menos catorze horas por dia e nunca consegue recordar o que sonhou; e Robert, capaz de amar sem limites. Quatro personagens simultaneamente trágicas e hilariantes, capazes de tecer entre si relações extremas que, contudo, não os impedirão de se afastarem.

    Doze anos depois, a residência é transformada numa casa de saúde especializada em perturbações do sono. Estranhamente, os ocupantes do edifício voltam a ser os mesmos. Mas nem sempre se lembram dos laços complicados que em tempos ligaram as suas vidas...

    Movendo-se entre o passado e o presente, A Casa do Sono é um romance desconcertante, uma estranha e dilacerante história de amor sobre a realidade e o sonho, a memória e a identidade.

    Gostei bastante desta obra :)
    Do final surpreendente e particularmente do modo como ela é escrita... Tanto a reviver o Passado como no Presente.

    ResponderEliminar
  4. lindo, lindo e lindo! sem palavras...


    MBH*

    ResponderEliminar
  5. oh é mesmo assim,pior é quando somos apanhadas desprevenidas..e oh esta lindo!

    ResponderEliminar
  6. Obrigada querida. Força é tudo aquilo de que preciso :s

    ResponderEliminar
  7. Ah, que fofo!
    >.< Lua é sempre cúmplice, pode deixar que ela nunca espalhou segredos e, olha que ela os tem hein!?
    bjOus

    ResponderEliminar
  8. Esta absolutamente apaixonante, amoroso *__*

    ResponderEliminar
  9. sim, eu sei que aceita, mas às vezes a maneira de ser dele é tão insuportável... mas, no caso dele, eu sei que ele nunca gostou realmente de mim, e aceito perfeitamente isso. mas também compreendo que ele não me merece

    ResponderEliminar
  10. oh um grande obrigada princesinha,és linda

    ResponderEliminar
  11. que texto tão fofinho uaaaau.

    obrigada , és uma querida :)

    ResponderEliminar
  12. não é o facto de ter poucos seguidores, até tenho bastantes, mas estou-me a tornar repetitiva no que escrevo, e sinto que começo a cansar :S

    ResponderEliminar
  13. eu prometo que vou pensar. talvez mude um pouco os temas e uma mudança radical de design .. so q estou sem ideias :S

    ResponderEliminar
  14. não tens que agradecer querida, é mesmo verdade, a sério, gostei mesmo!

    ResponderEliminar
  15. muito obrigada princesa <3
    e já agora, o que gostavas de ver mudado no meu blog? a sério ;)

    ResponderEliminar
  16. sim, pensei melhor... mudei o titulo, mudei o design, tudo! espero que assim esteja melhor e seja melhor :)

    ResponderEliminar