6.1.12

Briceportolano5_large
Uma das coisas que tenho aprendi ao longo destes tempos mais difíceis, talvez com a experiência, é que nada acontece por acaso. Nada mesmo. E que se perdemos, é porque algo melhor nos espera. Eu nunca fui pessoa de cruzar os braços perante uma dificuldade quando o que queria era suficientemente forte para superar obstáculos, mas desta vez, peço desculpa a mim própria. Não voltarei a lutar. Por ti, não. Jogas sujo, vais quando pensas que me tens na mão e voltas quando te apercebes que não irei ficar a chorar e que na volta, me perdeste. A vida dá muitas voltas, e tu pensas que ela te trará sempre para junto de mim. Mas desengana-te. Há muito que deixou de ser assim. Agora espero que na próxima volta, já estejas longe. Mais do que nunca eu sei, vale mais um bom amigo do que um mau amor e esses, os bons, sei que não me deixam, ao contrário de ti. Assim como me consegues fazer muito feliz, também consegues roubar-me essa felicidade em questão de nada, com uma facilidade impressionante. E para mim, chega. Asseguro-te que chega mesmo. Aliás, nem me vou debruçar sobre o que se comemorava hoje. Oh, não mesmo. Antes de gostar de ti, tenho de gostar de mim. E agora, é neste principio que vou permanecer. Como há muito deveria ter sido. 

38 comentários:

  1. ainda bem , e eu adoro tudo o que escreves <3

    ResponderEliminar
  2. Está giríssimo, a sério :) Podias me dizer onde encontras essa imagens? +.+ Adoro-as!

    ResponderEliminar
  3. aquele texto era já muito antigo, ia eliminá-lo e acabei por publicá.lo sem querer

    ResponderEliminar
  4. ñ consegues exactamente por ele ser antigo e estar já eliminado querida

    ResponderEliminar
  5. ah :O admiro a tua força e concordo contigo ! *.* Nada é por acaso e, se não há volta a dar e é preciso desistir, é de cabeça erguida que o vais fazer e uma outra oportunidade, uma outra pessoa e algo muito melhor vai acontecer ! :D

    P.S. Adoro a música *.*

    ResponderEliminar
  6. também é. eu andava a fazer uma lipeza ao blog, a deixar só o que faz sentido para caracterizar a minha vida, e sem querer mandei-os para os rascunhos e depois em vez de eliminar, publiquei

    ResponderEliminar
  7. ainda bem que entendes, isso é importante para mim. e tu, como te sentes?

    ResponderEliminar
  8. eish, vi agora o teu face, es horrível -.-

    ResponderEliminar
  9. Com força e determinação acredito que é possível passar por cima de todos os obstáculos :)

    ResponderEliminar
  10. 'nada acontece por acaso' acredito nisso também *

    ResponderEliminar
  11. espero que sim princesa, agora já está tudo bem :) gosto tanto deste texto, já estive assim e cansei-me mas ele tambem... agora ficamos amigos, grandes amigos.
    é ate mais carinhoso comigo do que quando estavamos para ter alguma coisa

    ResponderEliminar
  12. Olha como eu sou querida em responder-te, anónimo. Obrigada pela opinião mas se queres dar alguma, apresenta-te. Deves ser muito lindo/a para ser preciso esconderes-te atrás de um ecrã :)

    ResponderEliminar
  13. obrigada! diz-me como se chama esta musica, adoro-a :)*

    ResponderEliminar
  14. Oh princesa, quando são muitas coisas pequenas juntas, torna-se dificil :S

    ResponderEliminar
  15. tenho a certeza que passará, mas qualquer coisa estarei aqui :)

    ResponderEliminar
  16. Ahahah isto é engraçado porque eu era tua seguidora e adorava o teu blog mas um dia deixei de o conseguir ler e cá estou eu outra vez, finalmente encontrei-te (;
    *Sigo de novo

    ResponderEliminar
  17. Oh deculpa querida, aquele comentário não era para ti. Tinha muitas páginas abertas e enganei-me no blog s:

    ResponderEliminar
  18. parece que ambas precisamos dela e olha, nunca te esqueças que estás tu em primeiro lugar!

    ResponderEliminar